Rua Joaquim Floriano 466 - Sala 1707
contato@drmarcelopi.com
11 3071-1836
sedentarismo

Sedentarismo tem impacto negativo no desempenho escolar de crianças e jovens

A sociedade brasileira já vive uma pandemia de sedentarismo desde 2012, estando entre as cinco maiores causas de morte do mundo. Antes da pandemia do novo coronavírus, a Organização Mundial da Saúde divulgou dados informando que três em cada quatro crianças e adolescentes estão sedentários.

Leia também: Sobrepeso e obesidade são fatores de risco durante a pandemia

As restrições sociais imposta por essa pandemia firmaram uma grande redução na socialização e na movimentação diária, refletindo na saúde mental e na capacidade cognitiva dos estudantes, tornando-os mais passíveis a transtornos de humor e diminuição no rendimento acadêmico.

O impacto do estilo de vida no desempenho escolar já foi comprovado pela ciência antes do coronavírus e está ganhando força durante esse momento, comprovando que crianças e adolescentes com comportamento sedentário e baixa predisposição física apresentam desempenhos acadêmicos piores, quando comparadas às mais ativas. 

Saiba maneiras de diminuir o efeito do sedentarismo no desempenho acadêmico

sedentarismo

Um grupo de pesquisadores austríacos buscaram maneiras de diminuir o impacto do excesso de tempo parado no desempenho escolar. Eles indicaram que fazer pequenos estímulos físicos de seis minutos (polichinelos e corrida no mesmo lugar) nos intervalos de 20 minutos entre as aulas eram capazes de diminuir a fadiga mental e aumentar a vitalidade.

Como ainda não há uma visão clara do momento mais seguro para retorno das aulas presenciais, as escolas, por meio dos gestores educacionais e educadores físicos, precisam atuar de forma proativa para diminuir o excesso de tempo sedentário próprio do isolamento social com o objetivo de não impactar o potencial de desempenho educacional das crianças e adolescentes, tornando-os mais saudáveis, resilientes, felizes e ativos.

Leia também: Prática de exercícios causa alterações moleculares no corpo

Dr. Marcelo Pi

Para ter uma alimentação de qualidade e nutritiva o suficiente para a correria do dia a dia, a consulta com um nutricionista é o mais recomendado. Só ele é capaz de alinhar uma dieta à sua rotina diária. O Dr. Marcelo Pí é especialista em nutrição e consegue identificar quais são suas necessidades de acordo com seu tempo para alimentação.

O consultório do Dr. Marcelo Pí está localizado na Rua Joaquim Floriano, 533, no bairro do Itaim, na cidade de São Paulo. O local possui fácil acesso de carro e transporte coletivo. Agende já sua consulta e conheça mais sobre o trabalho visitando seu site e Facebook.

Comentários

comente

AGENDE SUA CONSULTA